sábado, 28 de junho de 2014

Meu Parto ♥

by Jacqueline Evangelista . sábado, junho 28, 2014 0 comentários!
Oii, venho contar então o meu relato de parto :)
Bom, o parto teve de ser cesárea, como eu disse, rs
Cheguei ao hospital as 10h da manhã, com contrações e cólicas :P
Fiquei sem comer, deitada, com dor e sem poder beber água: derrota!! kkkkkkkkkk
O hospital estava lotado e, como fui de emergência, não tinha quarto pra mim :(
Tive que ficar com minha mãe na salinha da enfermaria, esperando meu médico chegar para o parto. E ele só chegou as 18h :S
Foi tenso, foi muito tenso!! rs
Eu fiquei com medo, pois morro de pânico de agulha e tbm pq eu nunca me imaginei fazendo uma cesárea, rs
Mas, fui que fui... colocada na maca, levada pra sala e esperando minha mãe. Meu marido queria muito ver o parto, mas estava vindo de Angra correndo, não achamos que daria tempo e minha mãe entraria. Só que, quando eu estava bem distraída, prestes a começarem a cirurgia, eis que surge meu marido pela porta *-*
Ele conseguiu assistir o parto, filmar e fotografar, foi mágico :D
Ouvir o chorinho do meu filho pela primeira vez, segurar ele, cheirar ele... lindooooooooooo!!!
O parto foi tudo certo, não senti nadinha antes ou depois, a não ser a bendita anestesia, hahahaha...
Foi tão rapidinho, que nem percebi :)

O pior foi a primeira noite, com o bebê chorando de fome e eu sem bico :(
E também o fato de não poder levantar da cama, muito tendo!! rs
Mas graças a Deus minha mãezinha ficou comigo do lado, ajudando e acolhendo! Deus a abençoe :)

Bom, o parto foi isso... simples e tranquilo, rs
A recuperação também está sendo bem tranquila, na graça do Senhor :)
Vou deixar umas fotos pra vocês e não vou poder me estender muito mais pq Sam está no canguru aqui, no meu colinho, rs
Tenho que ir... logo que puder passo pelo bloguinho de todas :)
Saudade de vocês!!!
Beijoooos
Última foto de barriga, rs 
Sam chegando a este mundão!! 
Eu, Sam e Papai
Meu príncipe: Samuel

quinta-feira, 26 de junho de 2014

A maior surpresa da minha vida!!

by Jacqueline Evangelista . quinta-feira, junho 26, 2014 2 comentários!
Oi gente :)
Faz tempo que não apareço pois minha vida teve uma virada surpreendente, rs
Eu estou postando pelo celular pq tá difícil conseguir usar o PC :P
Tenho uma grande novidade: Sam nasceu um pouquinho de repente, kkkkkkk...
última foto com o barrigão, a caminho da maternidade!

Eu sempre quis um parto normal, então estava me preparando para isso. Mas, quando estava com 33 semanas comecei a sentir contrações e fui ao médico, ele disse q não era nada e me deu remédio para inibir o parto.
E fui seguindo...
Sam começou a dar sinais de querer nascer mas achei que fossem sintomas comuns, pois sou mamãe de primeira viagem né?
Então sábado (07/06), de repente, senti uma dor enorme em que eu não conseguia respirar ou andar. Fiquei dobrada no chão desesperada e achei que fosse "dor de facão", kkkkkkk..
Uma dor forte tipo que da na direção dos rins qdo vc come muito ou se exercita muito, rs
Melhorei e fui dormir, acordei a madrugada toda vomitando e com diarréia. Foi terrível!!
Achei normal, que devia ter comido algo diferente e que tinha feito mal...tudo certo!
Então fui na segunda (09/06) para a consulta habitual, marcada pelo GO. Tive dores horríveis nas costas, mas fiquei tranquila esperando a consulta. E ao fazer o toque ele me mandou preparar pois estaria ganhando o bebê no terça!!! :O
Eu e Mamys ficamos tensas, rs
Então ele disse que teria de ser cesárea de emergência, com 37 semanas e 2 dias, pois a cabeça já estava coroando e eu não teria passagem alguma :P
Disse que se não fosse o fato de não ter passagem ele já teria escorregado na rua, kkkkkkkkkkkk..
Fomos pra casa tensas, arrumamos tudo correndo e ficamos esperando a hora do parto :)

Bom, esse post já tá longo, rs
Volto pra contar o relato do parto OK? ;)
Sempre sonhei em fazer isso, hahaha...
Sam esta chamando, rs
Vou indo e volto logo!!!

Beijoooos :*

Carta de um bebê para sua mãe!

by Jacqueline Evangelista . quinta-feira, junho 26, 2014 0 comentários!

“Querida mamãe,

Esta noite acordei estranhando o silêncio. Não havia barulho algum e pensei que o mundo tinha até acabado e você esquecido de mim. Coloquei a boca no trombone e você apareceu. Ainda bem. Fiquei tão feliz no calor do seu peito que acabei pegando no sono antes de mamar tudo o que precisava. Quando percebi que você ia me colocar no berço, chorei de novo. Mas não tente negar, você estava com pressa para ir dormir outra vez. Você me deu de mamar novamente, assim, meio apressadinha e depois resolveu trocar a minha fralda. Estava tudo calmo, um silêncio, nós dois juntinhos, tão legal que eu perdi o sono. Você até que foi compreensiva, mas começou a bocejar um pouco e resolveu me fazer dormir. Eu não queria dormir. Talvez eu precisasse de mais dez minutos ou meia hora, mas você estava mesmo decidida a dormir. Foi ficando bem nervosa e até chamou o papai e todos fomos ficando muito irritados. No final das contas, acordei a casa inteira cinco vezes. Pela manhã, nossa família estava com cara de quem saiu do baile. Acho que estraguei tudo. Imagina, você chegou a dizer para o papai que eu estou com problema de sono. Eu não! Você é que vem me dar de mamar com pressa e daí eu sinto que você não quer mais ficar comigo. Os adultos têm hora certa para tudo, mas eu ainda não entendi essas coisas de relógio e tarefas estafantes que vocês precisam fazer. Quando meu corpo está com o seu, quero ficar do seu lado sem me separar nunquinha. Do alto dos meus três meses, ainda não descobri direito que você é uma pessoa e que eu sou outra. Um dia eu vou sair por aí, vou telefonar e posso deixá-la doida para saber o que ando fazendo e, então, você vai entender como me sinto agora. Mas não precisamos dessa guerra, mamãe. Até lá já podemos nos entender, inclusive pelas palavras. Sinto a angústia da separação, pois acabei de passar por essa experiência. Você também, mas vive tudo isso como uma adulta consciente. Eu ainda estou vivendo no inconsciente. Eu não sei nada, tudo é tão novo para mim aqui fora. Mas eu tenho absoluta certeza de que eu vou aprender tudinho o que você me ensinar por seus sentimentos em relação a mim. Mamãe, você quer um conselho de bebê? Quando eu chorar à noite, não salta logo para o meu quarto desesperada como se o mundo fosse acabar. Espere um pouco, respire profundamente, ouça o meu choro até que ele atinja o seu coração. Sinta seu tempo, realmente acorde e venha me pegar. Me abrace devagar, não acenda a luz, fale bem baixinho e me dê o seu peito para eu mamar. Depois que eu arrotar, mais um pouco só de paciência pois, nós bebês, somos sensíveis aos sentimentos dos adultos. Se eu sentir que você está com pressa, sou capaz de armar o maior barraco, mas se você esperar o meu segundo suspiro, quando meus olhos ficarem bem fechados, minhas mãos e pernas ficarem bem molenguinhas, aí sim, pode me colocar de volta no berço que eu não acordo antes de sentir fome outra vez. À medida que você desenvolver sua paciência, mamãe, eu estarei desenvolvendo a minha tranqüilidade e nós não teremos mais noites infernais. Apenas noites de mamãe e bebê, que um dia passam, como tudo na vida.”  

Por Claudia Rodrigues – Jornalista e Terapeuta Somática.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Faça Você Mesma: Pirulito de Toalhinha ♥

by Jacqueline Evangelista . quarta-feira, junho 04, 2014 0 comentários!
Oii gente :)
Agora que o chá passou eu estou investindo em idéias para a lembrancinha de maternidade ^^
Hoje vou postar o Pirulito de Toalhinha, que é lindo e fofo, além de super prático né? :D
Adoro lembrancinhas uteis, daquelas que vamos poder usar ou comer e não abandonar pelos cantos da casa ou no lixo :(
É tão bom ver as pessoas usando aquilo e lembrando da gente, né?? rs
Então, vamos as dicas!!
Aqui está o passo a passo e um vídeo também, ajudando ;)
Mãos a massa meninas, pois vale muuuuuito a pena investir você mesma na confecção de algo lindo e criativo, além de sair bem mais em conta :D
Material:
- Toalhinha de mão na cor de preferência;
- Palito de churrasco;
- Papel cartão;
- Cola quente;
- Papel celofane;
- Fita de cetim.

Passo a Passo!
1- Dobre a toalha no sentido do comprimento quantas vezes for necessário;
2- Enrrole como se fosse um rocambole;
3- Recorte um cículo no papel cartão um pouco menor do que a toalha enrolada;
4- Cole, com cola quente, o palito de churrasco no círculo;
5- Posicione a toalha sobre o círculo de papel cartão (já colado);
6- Embale com papel celofane e feche com a fita de cetim, fazendo um laço no palitinho de churrasco.

Sugestões para apresentação:
Opção 1:  Fixe os palitinhos em um suporte de isopor, decorado nas mesmas cores dos pirulitos.
Opção 2: Coloque dentro de baldinhos coloridos.

 

Mamãe do Sam ♥ © 2013 - Layout do blog by Jackie - em base de Ipietoon