sexta-feira, 8 de julho de 2011

Campanha: não jogue seu filho no LIXO!!!

by Jacqueline Evangelista . sexta-feira, julho 08, 2011
Gente, aonde estamos? Que país é esse? Em que século estamos??
Fui em um hospital municipal mês passado e me deparei com um momento estranho e até mesmo absurdo. Na ala infantil estavam colados em cada porta cartazes com os dizeres: "Não Jogue o Seu Filho no LIXO!"
Como assim?? A gente ainda tem que se preocupar em lembrar para os monstros que não devem jogar seus filhos no lixo? Que absurdo!
Devia ser óbvia a idéia de que o lugar de um filho não é o lixo, mas por que nos deparamos quase todas as semanas assistindo alguma notícia com esse teor nos telejornais?
Ontem mesmo uma reportagem do Jornal Nacional abordou esse assunto. A matéria fala de uma jovem que, quando passeava com seu cachorrinho, encontrou um saco de lixo com uma recém-nascida dentro. A criança já estava roxa quando foi encontrada, quase morta. ABSURDO! Descaso total dessa parideira... Jesus!!!
Parideira sim, pois mãe é um termo muito digno para ser ligado a figura de um monstro assassino!
Se quiser ver o video da reportagem: clique aqui!
Nem um animal faz isso, quanto mais uma mãe! Não sei nem o que pensar dessa mãe - disse Luciana, irmã da jovem que encontrou o bebê.

Precisa ser feito alguma coisa, vamos começar a trabalhar mais com famílias carentes e inclui-las nos projetos de Planejamento Familiar. Vamos fazer palestras em escolas, incluir a Educação Sexual no currículo escolar SIM!
Pois, como educadora e também profissional da saúde, tenho a opnião de que todos devem conhecer mais sobre sexo a partir do início da puberdade. Não é colocar pornografia nas escolas, mas sim falar de ensinamentos práticos e que servirão no futuro para diminuir casos assim.
No meu ensino médio assisti a um video que nunca mais esquecerei, no primeiro dia de aula, através da Profª Olga que nos dava aula de Biologia. Neste video era abordada a questão "aborto"! E mesmo com cenas duras e fortes, todos sentimos na pele o que acontece realmente em uma situação dessas. Nunca havia visto tantos jovens emocionados, tantos rapazes chorando desolados com tamanha maldade com pequenos seres, tão frágeis, que jamais poderiam se defender contra tudo aquilo.
Me desculpem se estou sendo incoveniente com este assunto. Também não estou aqui julgando ninguém que já tenha feito isso, ou fará um dia. Mas só quero deixar claro que, se não quiser o seu filho, tem muito mais gente sonhando com o amor que poderia oferece-lo.

FATOS IMPORTANTES! Para fazer a doação da criança:
- não é preciso se identificar;
- não é preciso fazer nada além de deixa-lo no hospital;
- pode-se entregar o bebê a adoção até mesmo na hora do parto;
- existem orfanatos;
- existe um enorme número de candidatos na fila de adoção;
- existe o amor!

"A mulher que entrega seu filho para adoção não pode ser discriminada pela sociedade. Pelo contrário, está realizando um “ato de coragem” e permitindo que seu filho possa viver numa família estruturada e que ela não pode oferecer."
Blog: Adoção Consciente! (clique no nome, para ir ao site!)

0 comentários!:

 

Mamãe do Sam ♥ © 2013 - Layout do blog by Jackie - em base de Ipietoon